EMEI Jardim Monte Belo – um lugar pra ser feliz!

DIÁRIO DO PROJETO – DIA 14 – 19 DE SETEMBRO DE 2011

Atividades – Observação do Terrário – Leitura Informativa

Hoje a Karina trouxe presentes para nós! Ela foi à Livraria Cultura no sábado, uma livraria que é bem grandona, mas muito grandona mesmo, e fica lá na Avenida Paulista. Lá ela pediu pra atendente ajudar a achar livros sobre insetos. E ela trouxe três livros muito lindos e legais! Os livros têm fotos incríveis, desenhos e muitas, muitas informações sobre os insetos. E agora vai ficar mais fácil a gente estudar sobre como os bichos são, o que eles comem, quanto tempo eles vivem, como eles namoram, etc…

A Karina também trouxe, de um site chamado “You Tube” ( que é como se fosse um canal de televisão na internet onde você assiste o que você quiser ), uns documentários bem legais sobre insetos, de uma série chamada “O Mundo Secreto dos Jardins”. Lá tem muuuuuuuuuuitas informações sobre insetos e todos os bichos que andam no jardim, e o mais legal é que dá pra ver eles se mexendo, e fazendo as coisas!

Nós escolhemos um livro sobre insetos pra começar, que tem fotos bem legais e um texto mais curtinho. A Karina disse que pra ler bem textos informativos, a gente precisa se acostumar, por isso vamos começar com os textos mais curtos e depois passar para os mais difíceis e compridos.

A gente não conseguiu seguir aquele plano de estudar só sobre as borboletas, que era o nosso bichinho da semana, porque todo mundo ficou muito empolgado com os livros novos, e não conseguimos concentrar para ler sobre borboletas…

No terrário, percebemos que os bichinhos mortos somem, e ficamos pensando o que acontece com eles… A Maria Joana, a joaninha da Ludmila, realmente morreu. Mas a gente já entendeu que morrer faz parte da vida, e até conversamos bastante sobre isso, porque as pessoas, os bichos e as plantas morrem; só as pedras, o Sol, o Mar e a Lua não morrem – mas eles também não fazem coisas que nós, que estamos vivos, fazemos, como andar, respirar, namorar, passear e mudar de lugar para ver as coisas do mundo…

DIÁRIO DO PROJETO – DIA 15 – 21 DE SETEMBRO DE 2011

Atividades – Observação do Terrário – Leitura Informativa – Organização do Passeio – Vídeo Informativo

Hoje foi um dia bem legal! A Meire trouxe pra gente o bilhete que explica para os pais como vai ser o passeio. Será no dia 13 de outubro, de manhã! Nós ficamos muito contentes. A Karina trouxe um vídeo sobre o passeio, que mostra o Instituto Biológico e algumas crianças que passaram por lá. A gente viu que as crianças gostam muito da exposição, e que a gente vai aprender muuuuuuuuuitas coisas sobre insetos indo até lá! Vai ter que ir de ônibus de viagem, e vamos levar o terrário, máquinas de tirar fotos e câmera pra filmar! No vídeo aparece as crianças mexendo nos insetos, pegando o bicho-pau na mão! Todo mundo ficou feliz, e só estamos esperando o dia. Além de preparar o transporte e o lanche, a gente também tem que pensar como fazer as perguntas que a gente quer saber para os biólogos.

Hoje na nossa leitura, aprendemos sobre o jeito que os insetos se locomovem. No livro tem muitas curiosidades, e vimos que os insetos, embora pareçam pequenos e fraquinhos, são muito fortes! Eles carregam pesos gigantes, conseguem voar bem alto, sobreviver a várias condições difíceis de frio, calor e secura e são bastante organizados.

Todo mundo está gostando bastante de estudar sobre os insetos!

DIÁRIO DO PROJETO – DIA 16 – 22 DE SETEMBRO DE 2011

Atividades – Observação do Terrário – Leitura Informativa

No terrário, muitas coisas acontecem… Muitas mesmo! Buracos, coisas somem, aparecem, bichos minúsculos e bichos maiores… Dava pra fazer um diário só das coisas que a gente repara no terrário!

O mais legal de hoje foi observar um fenômeno que a gente não sabia que existia: um tatuzinho trocando de pele! Ele começou a se espremer e nós achamos que ele estava morto… Aí de repente, começou a sair daquela pele e deixou aquele esqueleto pra fora! Justo em um dia que a gente tinha lido nos livros que os animais invertebrados têm carapaças que funcionam como um esqueleto, só que pra fora… A gente pode ver o esqueleto do tatuzinho direitinho!


Hoje nós descobrimos um monte de joaninhas no parque. A Karina disse que são joaninhas “clássicas”- vermelhas, com bolinhas pretas! Elas estavam no meio das pedras. Como no nosso parque só tem uma árvore, imaginamos que elas vieram de lá, porque como pode um bichinho de jardim não morar em um jardim? Será que pode haver um jardim dentro de uma árvore?

Agora todas as crianças da escola trazem bichinhos para o terrário. Além dos tatuzinhos, ganhamos joaninhas, lagartinhas, caracóis… A gente só está procurando cumprir o combinado de não colocar bichos que voam e que vão sofrer dentro do terrário. E o interessante é que, quanto mais a gente aprende nos livros sobre os bichos, mais a gente entende como funciona o terrário. Lemos que os tatuzinhos, por exemplo, gostam de comer bichos mortos. E as minhocas gostam de enterrar as coisas quando fica escuro. Talvez por isso os bichos mortos sumam e a gente não sabia por quê…

DIÁRIO DO PROJETO – DIA 17 – 26 DE SETEMBRO DE 2011

Atividades – Observação do Terrário – Roda de Conversa – Vídeo Informativo

Hoje a Karina chegou com uma novidade: ela disse que pensou, pensou, pensou e pensou em um jeito de a gente ir fazendo o calendário, porque todos os dias ela tenta focar o nosso estudo e não consegue, porque a gente fica muito empolgado com as descobertas, o terrário e tudo o mais… Então ela sugeriu que fizéssemos o calendário com mais método – começar do começo, pelo mês de janeiro, e ir seguindo, senão o calendário não vai sair… Como o primeiro bicho do calendário é uma joaninha, então hoje fomos ver o vídeo sobre elas. Como foi legal! A gente aprendeu muito sobre joaninhas e pulgões! No vídeo tem um homem barbudo que a Karina falou que é o maior especialista do mundo em jardins. E ele foi explicando como as joaninhas são. Nós descobrimos coisas incríveis! As imagens são impressionantes, dá pra ver tudo bem de pertinho. A Karina foi ajudando a ver o vídeo, e quando a gente não entendia alguma coisa, ela parava e explicava.


No final, tivemos uma conversa sobre o que vimos e ouvimos, e estas são as principais informações que lembramos:

    • A joaninhas não gostam do frio, e dormem durante todo o inverno. Quando chega a primavera, elas saem para procurar namorados e comida…
    • Elas namoram ficando uma em cima da outra…
    • Existe joaninha-macho, e joaninha-fêmea;
    • Joaninhas são muito queridas e famosas, porque são coloridas e bonitinhas, mas são terríveis predadoras…
    • Elas comem qualquer bicho pequeno e macio, mas o inseto que elas mais gostam de comer chama pulgão;
    • Elas tem asas dentro da carapaça colorida, e conseguem voar baixinho;
    • Ela coloca ovos bem pequenininhos, e é o macho quem põe os ovos! Ele coloca os ovos perto de grupos de pulgões, para quando os ovos abrirem, as joaninhas-bebês terem o que comer.
    • As joaninhas-bebês não parecem com as adultas; elas são peludas, não são coloridas, e comem muito, muito, muito; parece uma lagarta com seis pernas;
    • Os pulgões chupam o caldinho das plantas, que é chamado seiva; eles tem filhos muito rápido, e poderiam destruir o jardim, se não fosse outros insetos tentarem comê-los;
    • As joaninhas-bebês não têm casquinha dura, e por isso acabam virando comida de besouros e baratas;
    • A joaninha troca de pele umas 5 ou 6 vezes; quando ela está bem forte, ela entra debaixo de uma folha, vira pupa, como as borboletas! Depois de um tempo, elas saem do casulo, mas ainda sem pintinhas; elas ficam um tempo secando ao sol e ficam comas cores que conhecemos;
    • Tem joaninhas de todos os tamanhos, cores e tipos, e algumas não tem manchinhas ( aliás, não são pintas, e sim manchas );
    • Depois de adultas, elas dispersam, ou sejam, tentam ficar uma longe da outra;
    • Os pulgões são comidos pelas moscas de jardim, pelos grilos e louva-a-deus, e muitos insetos colocam seus ovos perto dos pulgões; é um inseto bem macio e gostosinho, por isso são tão comidos; se não fossem, as plantas todas murchariam;
    • As formigas protegem os pulgões, porque lambem deles o docinho que eles tiram da planta; se algum bicho vai comê-los, elas brigam e atacam até eles irem embora; isso também ajuda a manter o equilíbrio do jardim e manter vivos os pulgões;
    • Quando chove, a joaninha se esconde embaixo da folha, pra não se afogar; uma gotinha de chuva pode virar uma piscina para um inseto;
    • Alguns pulgões tem asas; isso faz eles voarem para outros lugares e formarem novas colônias em outros jardins;
    • No frio, as joaninhas procuram um buraco ou tronco de árvore para se esconder; lá eles ficam protegidas durante o inverno todo… Até chegar a primavera e começar tudo de novo.

Nós gostamos muito de ver esse vídeo, e aprendemos muitas coisas!

No terrário, continuamos colocando joaninhas clássicas que andam aparecendo no parque. Hoje achamos também uma taturana, que os meninos chamam de “lagarta de fogo”. Será que ela vai queimar os outros bichos?

 

DIÁRIO DO PROJETO – DIA 18 – 27 DE SETEMBRO DE 2011

Atividades – Observação do Terrário – Leitura Informativa – Desenho

Mais joaninhas aparecendo no parque… E uma delas voou tão alto que nós descobrimos que, ao contrário do que diz o vídeo, elas não voam tão baixinho assim… Ah, se a gente pudesse encontrar aquele homem barbudo do filme pra conversar com ele! A taturana está lá, paradinha, e parece que não queimou nenhum bicho.

Hoje lemos dois textos sobre joaninhas. Em um deles, a gente aprendeu que elas vivem cerca de um ano, que elas comem pulgões e conchinilhas ( esse bicho a gente não conhece bem… ) e que todas elas têm 6 patas, 2 antenas e 2 garrinhas perto da boca, além de 4 asas – 2 duras e coloridas, e duas molinhas e pretas, que ficam escondidas.

Depois, fomos desenhar! Com a ajuda dos livros e das joaninhas do terrário, todo mundo tentou desenhar a joaninha do jeito que ela é. E foi muito legal – a maior parte das crianças conseguiu fazer desenhos bem completos, onde dá pra ver vários aspectos da vida da joaninha. Se no primeiro já ficou assim, imagina no final do projeto! A gente vai ficar craque em desenho científico!

 

 

DIÁRIO DO PROJETO – DIA 19– 28 DE SETEMBRO DE 2011

Atividades – Observação do Terrário – Roda de Conversa – Vídeo Informativo

No parque, o Wanley achou mais joaninhas! Ao colocá-las no terrário, reparamos que tinha uma amarelinha lá, e ninguém sabe quem colocou… A Karina disse que, agora que é primavera, vamos ver mais bichinhos por aí, pois muitos deles se escondem no frio… Agora no nosso terrário temos várias joaninhas. A gente achou que elas iam preferir ficar juntas… No entanto, elas saem de perto uma da outra. A taturana está lá, se arrastando de um lado pro outro, assim como os caracóis. As minhocas e piolho-de-cobra sumiram. Mas quem sumiu mesmo foram os tatuzinhos… Só conseguimos vê-los através do vidro, se mexendo embaixo da terra. Por que será? A Karina acha que temos que achar uma planta com pulgões e colocar ela lá… Pra aumentar a população de insetos, conhecer os pulgões e dar mais comida aos bichinhos do terrário.

 

Hoje foi o dia do nosso primeiro texto! Depois de ler um material que a Rafinha trouxe, um texto bem complexo retirado da internet, a Dominique e o Vitor Hugo sentaram com a Karina em uma mesa, pegando todo o material que recolhemos sobre as joaninhas. Lá eles foram contando pra ela tudo que lembravam de informações sobre as joaninhas, e ela ia escrevendo, e ajudando a lembrar. Quando não dava pra lembrar uma informação de cabeça, era só procurar nos livros, ou no resumo do vídeo que fizemos, e então… Saiu um texto bem legal, que já vai para o nosso calendário!

Agora, é só colocar no computador, imprimir e juntar com os desenhos, com o nome da joaninha e do mês, que o Vitor Hugo e a Dominique escreveram com o alfabeto móvel e copiaram… E com os números. Aí sim, teremos a primeira folha do nosso calendário!

 

Ah, teve outra novidade! A Elisa descobriu que um dos tios dela trabalha no Instituto Biológico… Lá onde a gente vai! Ele é biólogo! Ela vai ligar pra ele, contar que a gente vai e perguntar se a gente pode fazer perguntas quando precisar… Muito legal!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: