EMEI Jardim Monte Belo – um lugar pra ser feliz!

Posts marcados ‘Brincadeira’

O CANTINHO DO MERCADINHO

Todos os dias, nós separamos um bom tempo das 6 horas que passamos juntos na escola para brincar na sala. E nesse tempo, várias atividades acontecem simultaneamente e cada um pode escolher o que quer fazer, com quem quer estar e como utilizar os materiais disponíveis. Montamos pequenos cantos, e em cada um deles muita coisa pode acontecer.

Uma brincadeira simples e barata - não é preciso nada muito diferente de sucata e imaginação...

Um dos cantos que a turma do 6C e eu resolvemos montar juntos é o canto para brincar de “mercadinho”. No passo a passo, houve…

1. Uma conversa sobre a brincadeira de mercadinho, como ela podia ser, o que precisaríamos fazer para que ela acontecesse e por que seria uma brincadeira legal;

2. Organização – escrevemos um bilhete para as famílias pedindo que mandassem embalagens vazias e limpas de tudo que pudesse entrar no nosso mercado ( menos embalagens perigosas, como latas que cortam e vidros ), além de recolher pela escola os materiais que seriam úteis;

3. Ação – montamos a brincadeira e começamos a aproveitá-la. Todo mundo adorou, tanto que os outros cantinhos ficaram até abandonados por um tempo…

Uns vendem, outros compram, outros organizam... Todos brincam!

Para a nossa brincadeira de mercadinho, precisamos:

* Uma impressora e uma calculadora velha;

* Dinheirinho de mentira;

* Embalagens vazias e limpas ( que estragam rápido e precisam ser repostas );

* 1 toalha;

* 1 lençol;

* Elásticos de dinheiro;

* 2 mesas;

* 1 caixa para guardar tudo isso.

Colocamos uma mesa virada de ponta-cabeça em cima da outra na posição normal, e com o lençol a cobrimos, montando uma espécie de barraquinha. Na parte de baixo forramos com toalha, e prendemos o lençol com elásticos nos próprios pés da mesa. Colocamos lá dentro a impressora velha junto com a calculadora ( “caixa” ), uma caixa com o dinheirinho de brinquedo, as embalagens que tínhamos e algumas frutas de brinquedo. Em pouco tempo, os papéis foram definidos entre as crianças e o mercado começou a funcionar. As donas ( e donos! ) de casa faziam as compras e levavam logo para a casinha, que era o cantinho que ficava logo ali do lado, para cozinhar, limpar ou tomar um bom banho e se enfeitar… Os comerciantes se divertiram vendendo, negociando e contando dinheiro. Foi bem legal!

Depois da brincadeira conversamos sobre a experiência e como podíamos fazer para que ela durasse mais tempo – por exemplo, tomando mais cuidado para que as embalagens não estragassem muito rápido. Percebemos também que podemos incrementar o mercadinho, com papel pra fazer notas, sacolas pra carregar as compras, mais embalagens.

O mercadinho visto de longe, com as mesas viradas e os produtos "na banca"

Por que a brincadeira do mercadinho é um recurso pedagógico eficiente e divertido?

* Por ser uma atividade que as crianças conhecem bem na rotina de sua família, eles podem criar e recriar muitas situações diferentes e vivências sociais interessantes;

* A calculadora e o dinheiro são importantes portadores numéricos sociais, e estimulam as crianças a pensarem sobre valores, trocas, compensações, quantidades, algarismos e números;

* As crianças aprenderam, com essa experiência, que podem montar um canto diferente, o que pode abrir a porta para muitas outras brincadeiras que queiramos organizar daqui pra frente;

* Virar a mesa, colocar lençol e fazer outras mudanças estruturais na sala deu um “clique” na cabeça das crianças – o que imediatamente rendeu uma outra brincadeira. Usando as cadeiras, as crianças fizeram, sem nenhuma ajuda minha, um “ônibus” para ir ao mercado, e ali outras vivências começaram a acontecer – brincar de dirigir, pagar a passagem, ir a outros lugares… Creio que daqui por diante vou observá-los fazer muitas mudanças como essa, criando outras brincadeiras e espaços de criação artística e vivência social. As crianças perceberam que, ao modificar o ambiente, podem modificar também o próprio jeito de brincar, e isso é ótimo!

Um ônibus para ir ao mercado!

Eu volto pra contar como anda o nosso cantinho do mercado!

Professora Karina Cabral

Anúncios

Nuvem de tags