EMEI Jardim Monte Belo – um lugar pra ser feliz!

Posts marcados ‘festa de 10 anos da emei jardim monte belo’

EMEI JARDIM MONTE BELO – 10 ANOS TRANSFORMANDO E HUMANIZANDO O ESPAÇO FÍSICO

Por Regina Celia Soares Bortoto

Enfim, a palavra emotiva da diretora Regina, que explica a delicada e forte relação entre escola e comunidade por ocasião dos 10 anos da nossa EMEI


O título acima foi escrito em 2002 num dos livros pedagógicos desta Escola. Nada mais atual que esse título, pois esta Escola, que nasceu desejada como a um filho querido, continua em busca da transformação e humanização do espaço físico.

Essa característica original é preservada por seus funcionários através do sonho permanente de construir uma Escola de qualidade para os filhos dos trabalhadores que moram num dos montes mais belos desta região por sua geografia, por sua natureza e por sua população organizada. Quem aqui chegou primeiro certamente ficou assustado com os desafios com os quais se depararam. Foram corajosos. Mas era isso, ou seja, lutar sem trégua… Ou se contentar com o abandono do poder público. Sem luz, sem água tratada e encanada, sem asfalto, sem rede de esgoto, sem coleta de lixo, sem transporte, sem equipamentos públicos… Enfim sem quase nada—e com muito sofrimento.

Hoje, só podemos olhar com muito orgulho ao nosso redor, ver tudo que melhorou, e dar parabéns a todos que fizeram parte dessa História. Passados 10 anos, o Jardim Monte Belo, bem como a EMEI que carrega o mesmo nome, mudaram muito, causando sensações, sentimentos e opiniões. Moradores ergueram suas casas com as próprias mãos para abrigar suas famílias. Na mesma medida, professores e demais funcionários que por aqui passaram ou que por aqui ficaram edificaram um lugar para abrigar conhecimento.

Assim como os moradores, esses funcionários amassaram muito barro, passaram muito calor, muito frio, na escola de latinha, na escola de madeira, ficaram sem água, ou sofreram com a enchente, correram atrás de prefeito, de secretário da Educação, de subprefeito, de padre, de líderes comunitários… Não pouparam energia física e mental por acreditar e principalmente por amar o que fazem, lembrando realmente o Educador Paulo Freire que dizia “que não se faz Educação sem amor”.

Sinto-me feliz e muito à vontade para afirmar pela gestão – Regina, Valéria e Meire— que trabalhar nesta EMEI é dar a cada dia de trabalho um significado novo, pois contamos com um grupo de professoras e funcionários dispostos a pensar a Educação Infantil pra valer. São Educadores que conseguem transitar pela teoria e prática sem perder o rumo e a paixão. Cuidam com carinho, mas com a autoridade e responsabilidade de um adulto que Educa, sabendo discernir a hora de elogiar, advertir ou impor limites sem temer as conseqüências, porque refletem constantemente o seu fazer pedagógico.

Pessoas dedicam parte de suas vidas dentro deste prédio; e cada criança que entra pelo portão, trazida pelas mãos das monitoras do transporte escolar ou pelas mãos de sua família—pais, mães, irmãos, avós, avós, primos, primas, cuidadoras – é carinhosamente acolhida e tratada como seus filhos e filhas. Educadores atentos ao aprendizado escolar de crianças que não são vistas apenas como um número de matrícula, mas como seres completos aqui e agora, com sonhos, opiniões, direitos e ávidos por experimentar a vida.

Hoje, relembro e entendo alguns cumprimentos que recebi quando em 2010 para cá me removi. Foram manifestações de elogios—você vai adorar a Escola, você teve muita sorte, você vai trabalhar com uma Coordenadora Pedagógica que entende muito de Educação Infantil, você vai ver que grupo maravilhoso de professoras.. Expressando e reconhecendo o quanto esta EMEI é especial, composta por funcionários comprometidos com uma Educação de qualidade, que desenvolvem projetos voltados para a formação de sujeitos autônomos e capazes de viver e conviver com o outro com respeito e solidariedade.

Conhecer de perto e respeitar essa comunidade é o que possibilita  construir uma Escola onde as crianças sintam o mesmo prazer em ficar seja na classe, no parque, na quadra, na sala multiuso, no refeitório, ou em qualquer dependência, livres e felizes como se estivesse em suas próprias casas.

Sabemos que temos muito a fazer pelo nosso espaço ainda. Tratamos disso com muita seriedade. Ainda bem que não estamos sós, podemos contar com um Conselho de Escola e uma Associação de Pais e Mestres muito atuante e forte. Acreditamos que juntos e organizados somos co-autores de uma obra em constante movimento de vir a ser.

Por fim, só cabe dar parabéns a todos Educadores desta Escola que acreditam nos tempos de hoje que a Educação é uma ferramenta que contribui na formação de seres humanos capazes de compreender, intervir e transformar a realidade em que vivem.

Anúncios

COMO SE CONTA UMA HISTÓRIA DE 10 ANOS?

Podemos contar 10 anos em números. 2000 dias letivos. 100 reuniões de conselho de escola, 50 de A.P.M.. Mais de 5000 matrículas e rematrículas. Mais de 150 funcionários. Mais de 15 milhões de refeições.

Talvez fosse melhor contar 10 anos como um conto de fadas. Era uma vez… Uma comunidade que desejou uma escola, lutou por ela, esperou por ela… E ela aconteceu! Foi assim…

Podemos contar 10 anos de problemas… Escola de lata e de madeira, falta dinheiro, falta funcionário. Aquela reunião que não apareceu ninguém, aquela regra que ninguém respeitou, aquele problema que ninguém percebeu, aquele cano que ninguém consertou, aquilo que todo mundo estava esperando acontecer, e nada. Problemas de todo dia, problemas ocasionais, problemas raros, problemas fáceis e outros impossíveis de resolver. Atrasou, brigou, discutiu, rompeu, faltou, quebrou, magoou, não entendeu, decepcionou, não deu certo, não veio, desistiu… Foi embora.

Quem sabe… 10 anos em conquistas. Um prêmio, um reconhecimento, a reunião que deu certo, um artigo na revista, a criança que aprendeu, a professora que conseguiu, a família que ajudou, aquilo que saiu melhor do que a gente supunha, aquilo que agradou a todo mundo, aquele monte de sorrisos, aquela cantoria toda, aquela festa grandiosa em que todo mundo veio, aquele dia de sol que parece que nunca mais acabou.

E como seriam 10 anos de abraços? Seja bem vindo! Muito prazer. Parabéns pelo seu aniversário, seu casamento, o nascimento do seu filho, pelo sucesso do seu trabalho. Senta aqui no meu colinho, sua mãe já vai voltar. Gosto tanto de você… Ainda bem que trabalhamos juntas. Nossa equipe arrasou! Sinto muito pela sua perda. Calma, sua dor já vai passar. Conte comigo. Não solta da minha mão, senão você se perde. Adeus… Foi muito bom te conhecer.

Podemos também contar 10 anos de nomes. Marias, Joãos, Déboras, Karinas, Reginas, Jeniffers, Josés, Pedros, Matheus, Danis, Lúcias, Elis,Anas, Cláudias, Paulas, Vicentes, Antônias, Valérias, Nices, Vergínias, Helenas, Meires, Betes, Fátimas… Jurandyr.

E 10 anos de reuniões e festas? Encontros pedagógicos, chás-de-panela e bebê, conselhos de escola, paradas, formações, festa junina, aniversários, nhoque da sorte, festa do sorvete, do macarrão, da leitura, natal, semana da criança, formatura, jogral, despedidas, apresentações de cinema, de teatro, show de mágica, lanche comunitário, excursões para museus, para  o circo, para o sítio, para o concerto, para o parque, para a biblioteca.

10 anos de papéis. Sim, de papéis!  Regimentos, matrículas, desenhos, bilhetes, pinturas, ocorrências, diários de classe, registros, portifólios, livros, cadernos, cartazes, informativos, boletins, relatórios, comunicados, pedidos, recibos, listas, cartões, telegramas… Ufa!

Existem muitas maneiras de se contar uma história de 10 anos. Mas o melhor de tudo é ter 10 anos de história para contar. Uma história de partilha… Partilha de ideais, de trabalho, de luta, de sonhos… De alegrias e tristezas. Uma história que temos muita felicidade em contar e fazer parte. Uma história viva… Uma história nossa!

Apareça para comemorar!

QUANDO A ESCOLA SEMPRE É UMA FESTA…

Por Professora Karina Cabral

Como educadoras e educadores, temos orgulho do trabalho que realizamos na EMEI Jardim Monte Belo.

E ao comemorar 10 anos de escola, estamos felizes, muito felizes.

E estamos felizes não só pelos sucessos pedagógicos, pelos trabalhos que dão certo, pelas experiências bem sucedidas, que – ainda bem – são muitas.

Estamos felizes não só pelos nossos erros, para os quais olhamos com reflexão e bondade, pois muito nos ensinaram.

Estamos felizes não só por olhar para trás e ver de quanto suor, sorrisos e lágrimas se faz uma comunidade escolar.

Estamos felizes não só por ver quantas dificuldades foram superadas.

Estamos felizes não só pelas conquistas da comunidade que, através do nosso Conselho de Escola bem estruturado e atuante,  e da nossa política de aproximação das famílias, conseguimos apoiar e compartilhar.

Estamos felizes não só pela gestão democrática e transparente de pessoas e recursos, que aproxima todos os membros da comunidade escolar e melhora, com muita luta, o nosso espaço físico e nossos recursos.

Estamos felizes não só pelo excelente trabalho realizado em uma escola pública, laica, gratuita e de qualidade, que tem por princípio respeitar todos os seres humanos, criando espaços para que se expressem livremente como cidadãos.

Nossa principal felicidade… São as crianças.

Sim, as crianças! Diante da proposta de fazer um concurso para escolher um desenho que representasse a escola que elas tinham, e a escola que queriam, por ocasião dos 10 anos da escola… Elas mostraram como são felizes dentro da EMEI Jardim Monte Belo. Foram muitos desenhos, até que todos conseguissem votar em um que simbolizasse esses 10 anos de festa.

E nossas crianças mostraram em suas pinturas que nossa escola sempre é uma festa para elas…

Uma escola colorida, alegre e cheia de detalhes…


Uma escola cheia de brinquedos interessantes para brincar…

Uma escola onde adultos e crianças estão sempre juntos, apoiando um ao outro…

Uma escola que é proteção para as crianças com necessidades especiais…

Uma escola inserida em um contexto social, que não está distante do que acontece no bairro…

Uma escola onde se brinca de montão…

Uma escola com um parque sempre iluminado por um sol sorridente…

Uma escola cercada de corações, carinhos e flores, com alguém de braços abertos, bem na porta…

Uma escola com adultos grandes e protetores…

Uma escola que é abrigo…

Uma escola que é espaço para crianças diferentes entre si…

Uma escola cheia de espaços diferentes…

Uma escola debaixo de um arco-íris…

Uma escola de paredes simpáticas, e de festas diversas…

Uma escola que é de professores e de alunos…

Uma escola que é da comunidade…

Uma escola que merece festa, bolo e brigadeiro…

Uma escola cheia de sorrisos…

Uma escola que é sempre uma festa!

EMEI JARDIM MONTE BELO – 10 ANOS DE FESTA!

Nuvem de tags